Número total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

As portas do Paraíso

                                                                                          julho 2015

9 comentários:

Caisilento disse...

Ainda bem que eu vou para o inferno, ao menos não me confronto com cenas confrangedoras como esta!...

AC, graças a deus, disse...


Um paraíso muito enfarruscado! Nem a mais escaqueirada compra feita na feira da ladra se apresentaria com tal aspecto! E deus sabe bem que velharias tão escavacadas, ás vezes, lá aparecem... é do pior!

Ora, o pior do pior... imaginem o que seja!

Talvez, ó CX, estejas a precisar de um copo. É para amanhã? Apita!

Lali disse...

Que raio...esta imagem parece que não tem nada, mas até tem...

Lali disse...

Que raio...esta imagem parece que não tem nada, mas até tem...

af disse...

sim, que tem alguma coisa é um facto. agora que tenha alguma coisa que valha a pena perder parte do nosso precioso tempo a procurar, isso não tem de fonte segura. a não ser que a grande arte agora passe por ser, como nas touradas, jogos de sol e sombras mal amanhados e dois forcados a pregar a uma amostra de gaivota... ó cx! se precisar de um manual de instruções acerca das funções da tecla "delete" eu envio-lha sem qualquer pesporrência da minha parte.

CX disse...

Daqui a uns anos, bando de broncos, quando olharem para esta imagem e lágrimas de alegria vos pingarem das barbas, perceberão, com um estremecimento de horror, o quão néscios e incultos, fotograficamente labregos eram os vossos avatares de hoje. Estou, talvez, a exagerar, já que presumo que a vossa chavasquice crítica não é impermeável à evolução... Já no que toca à menina Lali, os meus parabéns, por confiar no instinto e apreciar mesmo o que não tem explicação imediata. Haverá quem fale em intuição feminina, mas prefiro pensar em flexibilidade intelectual.

af disse...

os caminhos do senhor são ínvios, como ínvios são os caminhos da sedução... d'arte falaremos num outro chiqueiro, porque isto de chafurdar frente a um monitor quando o sol chama o meu nome é maleita de que não quero sofrer...

CX disse...

Deixa-me pôr as coisas em termos que tu entendas, af: óinc, óinc!

af disse...

eu bem desconfiava que o artista era só um disfarce para a verdadeira eidos!!! a falar tão bem e a fotografar tão mal, toda e qualquer dúvida se dissipou!