Número total de visualizações de página

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

É o de calça azul, bem vincada, ar descontraído,cabelo curto, barba feita; com a máquina ao peito. Não tenho dúvidas: só pode ser o AC!

Foto AC

3 comentários:

Sissi Cocó Girassol, poetisa Simbolista disse...

- Elegante, sensual,
Garboso e de ar feliz?
Mas esse é, afinal,
O CX!
- Julgava que era o AC...
- Qual quê!
Esse tem um ar antigo
E pinta de sem abrigo
E uma máquina pequena...
- Sabes de quem tenho pena?
Do CG: desapareceu!
Será que ele já morreu?
- Pior foi a sua sorte!
- Então?
- Foi viver pró Norte...
- Ai o cabrão!
E o af, afinal?
Fotografa que é um regalo...
- Achas? Não faz bem nem mal!
Cá por mim, podem deixá-lo.

A prosa da Célia disse...

Tão amarga Sissisinha!
Até parece adivinha,
Do provável sem abrigo
...mais um para acrescentar.

O CG é um doente
tem mais uma que o sustenta,
lhe pague as lunetas e o dente
sem ter que se apoquentar!!
E Paredes lá pro norte,
Podia até ser por Monforte
Interessa é não trabalhar..
É tudo subsistência, e
nem precisa clarividência..
Um dia vai acabar.

Finalmente, e que me perdoe o CX,
que também tem muito cariz
Mas o AF por metade
Tem muito mais Qualidade.

AC disse...


E o "Af por metade
Tem muito mais Qualidade"
E eu, e eu ó compadre
Com saias de batistério?
Quem se me pode comparar
No jogo da luz e da sombra
Desde a aurora até ao luar?
Qual Doisneau, qual Renoir!

Diz-me já ó CX,
Vê se respondes,ó CG:
Qual dos dois, por fim,
Tropeça mais em mim?

E tu, Célia da prosa bela
Tecida a ponto de cruz
Quantos anjos há no céu
E na terra gabirus?